VINHO COM IMAGENS NAZIS DÁ PENA DE PRISÃO NA ÁUSTRIA

VINHO COM IMAGENS NAZIS DÁ PENA DE PRISÃO NA ÁUSTRIA

Um homem de 31 anos foi na passada sexta-feira preso depois de a polícia ter encontrado e apreendido em sua casa 4 garrafas de vinho rotuladas com imagens a representar soldados Nazis e o seu líder, Hitler.

O homem que não foi identificado pela polícia devido a leis de privacidade vigentes na Áustria, ficará preso durante seis meses devido a uma lei que proíbe a glorificação Nazi, negar o Holocausto ou menosprezar os crimes de guerra nazis.

As garrafas de vinho terão sido compradas em Itália, onde a sua venda é legal e, trazidas para a Áustria, onde este acabou por guardá-las num armário de sua casa acabando por ficarem lá esquecidas.

Estas garrafas que são produzidas pela Vini Lunardelli, companhia com sede em Udine, fazem parte de uma edição dedicada à história política Italiana mas também mundial e incluem outras figuras históricas como Che Guevara, Winston Churchill, Karl Marx e Napoleão Bonaparte. Aparentemente populares entre os turistas, as garrafas são totalmente proibidas na Alemanha e Áustria.

Quanto ao homem, ainda que não se saiba o seu nome, sabe-se que esta não é a primeira vez que é julgado por incumprimento desta lei: anteriormente tinha sido apanhado com tatuagens a ilustrarem o período Nazi, que depois terão sido removidas.

Comente este artigo

* Nome:
* E-mail: (Não Publicado)
   Website: (Url do site com http://)
* Comentário: