Um estudo inglês mostra que ninguém gasta mais dinheiro em vinho do que o povo Suíço. As razões para tal explicam-se pelo preço elevado a que este é posto à venda mas também por um enorme consumo.
Vinhos falsificados são cada vez mais recorrentes, principalmente nos grandes mercados de vinho, como é o caso da Berry Brothers, o mais antigo no Reino Unido. Para garantir que não se vendem vinhos falsificados, a empresa contratou um detective de vinhos
Clare Potts, uma blogger de moda, decidiu adaptar o seu frigorífico tornando o compartimento de refrigeração da água num refrigerador de vinho. Mal podia esperar, que ao publicar as fotografias da sua nova engenhoca, estas se tornariam virais.
Combina a riqueza do tinto e a frescura do branco: o vinho laranja parece ser o tipo de vinho a ter em conta no próximo ano