VINHO DA MADEIRA SÉC.XVIII DESCOBERTO NOS EUA

VINHO DA MADEIRA SÉC.XVIII DESCOBERTO NOS EUA
Um museu nos EUA descobriu uma colecção de vinhos da Madeira produzidos no final do século XVIII.  
 
Os funcionários do Museu Liberty Hall da Universidade de Kean, em Nova Jersey, encontraram uma colecção de vinhos da Madeira que remontam a 1796. Tudo aconteceu enquanto trabalhavam num projecto de restauração da sua adega.  
 
O valor da coleção ainda não foi tornado público, mas os funcionários do museu acreditam de que se trata da maior coleção de vinhos antigos da Madeira descoberto em solo americano. Muitas destas garrafas deverão mesmo ter sido enviadas para os primeiros residentes do Liberty Hall. 
 
O presidente da Liberty Hall já reagiu à descoberta. Em declarações à NJ.com confessou que esta descoberta não foi uma surpresa completa: “Nós sabíamos que havia muito vinho aqui, mas não tínhamos a noção da idade”, explicando ainda que o mais entusiasmante foi “encontrar um vinho, o Madeira neste caso, que durou até agora. E tentar descobrir porque estava aqui e quem era o ‘dono’ do vinho." 
 
Recorde-se que os EUA foram um dos maiores mercados exportadores de Madeira no século XVIII e XIX, tanto que momentos icónicos como o celebrar da assinatura da declaração da independência em 1776 foi acompanhada por um vinho da Madeira. 
 
Este era um vinho muito apreciado na época devido ao seu elevado teor alcoólico, o que permitia que o vinho amadurecesse enquanto viajava a bordo dos barcos que atravessavam o atlântico.   

Comente este artigo

* Nome:
* E-mail: (Não Publicado)
   Website: (Url do site com http://)
* Comentário: